O que é VR? Saiba tudo sobre esse benefício!

Tempo de leitura: 7 minutos

Descubra tudo sobre o Vale-Refeição (VR) neste artigo detalhado. Aprenda sobre sua obrigatoriedade, diferenças com o vale-alimentação e como ele pode melhorar a produtividade e bem-estar dos funcionários

É inegável que, atualmente, os benefícios oferecidos aos colaboradores tornaram-se um aspecto central da gestão de recursos humanos e um diferencial estratégico para empresas que buscam atrair e reter talentos. 

Entre esses benefícios, o vale-refeição (VR) destaca-se como uma ferramenta importante para assegurar que os funcionários tenham acesso a refeições de qualidade durante a jornada de trabalho, contribuindo assim para a melhoria do bem-estar geral e aumento da produtividade.

Com a evolução das práticas de trabalho e o aumento da conscientização sobre a importância da alimentação saudável, o VR adquiriu novas dimensões e relevância. 

Neste artigo vamos explorar juntos o que é o vale-refeição, discutindo sua obrigatoriedade e os direitos dos empregados a esse benefício, além de compará-lo com outros benefícios similares como o vale-alimentação. 

Entender esses aspectos não só ajuda as empresas a melhorarem suas políticas de benefícios, mas também permite que os colaboradores façam uso mais efetivo das vantagens oferecidas.

O que é VR no emprego?

O vale-refeição (VR) é um benefício que a maioria das empresas oferecem aos seus funcionários. Ele é destinado à compra de alimentos em estabelecimentos comerciais como restaurantes, lanchonetes e similares, proporcionando uma alimentação adequada durante o período de trabalho. 

A implementação do VR nas empresas visa melhorar a qualidade de vida dos colaboradores, garantindo que possam fazer suas refeições de forma nutritiva e saudável mesmo estando longe de casa.

Vale-refeição é obrigatório? Quando o funcionário tem direito a vale-refeição?

A legislação brasileira, por meio da Lei do vale-refeição (Lei 8.880/1994), estabelece regras específicas em relação ao benefício de vale-refeição. 

Essa lei estabelece que o empregado tem direito ao vale-refeição como um benefício oferecido pelo empregador para subsidiar as refeições durante a jornada de trabalho. Assim como o vale-alimentação, a concessão do vale-refeição não é obrigatória, sendo uma escolha do empregador.

Lei nº 14.442, de 28 de dezembro de 2021 – Altera a Lei nº 6.321, de 14 de abril de 1976, para dispor sobre a concessão do vale-refeição e do vale-alimentação, e revoga a Lei nº 9.090, de 14 de julho de 1995.

Embora não seja um benefício legalmente obrigatório em todas as situações, muitos acordos coletivos de trabalho ou contratos específicos entre sindicatos e empresas estipulam a obrigatoriedade do vale-refeição

O funcionário tem direito ao VR quando está condição está especificada em contrato ou em acordos coletivos da categoria. Essa especificação inclui geralmente a carga horária mínima de trabalho para a elegibilidade ao benefício e outros critérios definidos pela política interna da empresa.

Vale dizer ainda que a nova lei do vale-refeição permite que o valor do benefício seja utilizado em vários estabelecimentos que aceitem pagamento eletrônico. Além disso, ela também definiu que o empregador não pode substituir o vale-refeição pelo vale-alimentação.

Como são determinados os valores do vale-refeição?

Determinar os valores devidos e ofertados do vale-refeição — e de outros benefícios — depende de alguns critérios e regras. 

Confira agora os principais fatores, além da legislação vigente, que influenciam a determinação dos valores:

  • acordos coletivos de trabalho;
  • negociações individuais;
  • custos regionais e;
  • política de benefícios.

Como funcionam o VR, VA e VT

O Vale-Refeição (VR), o Vale-Alimentação (VA) e o Vale-Transporte (VT) são benefícios comuns no contexto corporativo. 

Tenha em mente que o VR é utilizado para refeições em estabelecimentos, enquanto o VA é geralmente um crédito dado aos funcionários para a compra de alimentos em supermercados e outros estabelecimentos similares. 

O VT, por sua vez, é destinado ao custeio parcial ou total do transporte do colaborador de sua residência para o local de trabalho e vice-versa. 

A gestão desses benefícios é frequentemente realizada por meio de cartões magnéticos ou eletrônicos que são recarregados mensalmente pelas empresas.

Qual a diferença entre vale-alimentação e vale-refeição?

Embora ambos sejam destinados à compra de alimentos, o vale-alimentação é usado para adquirir produtos em supermercados, mercados e outros estabelecimentos de venda de alimentos para consumo domiciliar. 

Já o vale-refeição é aceito em restaurantes e lanchonetes, possibilitando que o funcionário faça refeições prontas durante seu período de trabalho.

Vale-refeição no cartão multibenefícios: entenda como funciona

O cartão multibenefícios é uma solução prática que algumas empresas adotam para administrar diversos benefícios através de um único cartão. 

O vale-refeição incluído nesse tipo de cartão permite que o funcionário utilize o saldo para realizar refeições em uma ampla rede credenciada, que inclui restaurantes, lanchonetes e até mesmo serviços de entrega de comida. 

A grande vantagem deste sistema é a flexibilidade e a facilidade de gestão tanto para a empresa quanto para o colaborador, consolidando diferentes tipos de auxílios em uma única plataforma eletrônica.

Bônus: entenda como funciona o cartão multibenefícios para as empresas e funcionários

O cartão multibenefícios é uma solução inovadora que simplifica e otimiza a gestão de benefícios corporativos tanto para as empresas quanto para os funcionários.

Esta ferramenta permite que diferentes tipos de benefícios, como vale-refeição, vale-alimentação, vale-transporte, entre outros, sejam geridos através de um único cartão eletrônico. Vamos explorar como isso funciona e quais são as vantagens para as empresas e seus colaboradores.

Para as empresas

Para as empresas, o cartão multibenefícios representa uma forma eficiente de administrar os benefícios oferecidos. 

Com ele, é possível centralizar a gestão de diferentes auxílios em uma única plataforma, o que reduz a complexidade operacional e os custos associados com a administração de múltiplos programas de benefícios. 

Além disso, esse sistema proporciona maior controle sobre os gastos e facilita o monitoramento e a análise de dados relacionados ao uso dos benefícios pelos funcionários.

A adoção de um sistema integrado de benefícios também pode melhorar a satisfação dos funcionários, pois oferece maior flexibilidade e autonomia para que eles escolham como e quando utilizar seus benefícios. 

Além disso, vale dizer que a simplificação dos processos administrativos permite que o departamento de RH se dedique a outras atividades mais estratégicas para o negócio.

Para os funcionários

Para os funcionários, o cartão multibenefícios oferece uma experiência de uso muito mais conveniente e flexível. Com um único cartão, eles podem acessar diferentes tipos de benefícios, sem a necessidade de gerenciar vários cartões ou vouchers. 

Isso não apenas simplifica o dia a dia do funcionário, como também oferece mais liberdade para gerir seus recursos de acordo com suas necessidades específicas.

Outro ponto positivo é a possibilidade de usar o cartão em uma ampla rede de estabelecimentos credenciados, o que amplia as opções de uso do benefício. 

Muitos sistemas de cartões multibenefícios também são acompanhados de aplicativos móveis que permitem aos funcionários verificar saldos, bloquear ou desbloquear o cartão, e acompanhar transações em tempo real, proporcionando uma gestão financeira mais efetiva e transparente.

Em linhas gerais, o cartão multibenefícios não só facilita a vida dos funcionários, permitindo um controle mais eficaz de seus benefícios, como também ajuda as empresas a otimizar processos e reduzir custos operacionais. 

Esse sistema integrado contribui para uma melhor gestão de benefícios, resultando em uma força de trabalho mais satisfeita e produtiva.

Agora você conhece tudo sobre o vale-refeição!

Entender o funcionamento do vale-refeição e outros benefícios similares é essencial para empregadores que desejam implementar ou otimizar esses auxílios em suas empresas. 

Além de representar um diferencial competitivo na atração e retenção de talentos, esses benefícios contribuem significativamente para o bem-estar e produtividade dos colaboradores. 

Ao oferecer opções como o VR, as empresas não só cumprem com acordos coletivos, quando aplicáveis, mas também investem na saúde e na qualidade de vida de sua força de trabalho.

Posts Recentes

  • All Post
  • Agregador de mobilidade
  • benefícios corporativos
  • Benefícios flexíveis
  • Cartão Multi Benefícios
  • Dicas
  • Empresa de benefícios corporativos
  • Redução de custos
  • Reembolso de despesas
  • RH

Copyright © 2023 WEXP. Todos os direitos reservados.